Italianos visitam alambiques de Salinas

DSCF7638
Visita ao alambique da fazenda Havana onde são produzidas as marcas Anísio Santiago & Havana. Da direita para esquerda: Walter (funcionário), Romina Cattaneo, Roberto Santiago (editor deste blog), Daniele Bondi e Alberto.

Acompanhados por Roberto Santiago e Felipe Januzzi, editor do site http://www.mapadacachaca.com.br, os italianos Alberto, Daniele Biondi e Romina Cattaneo, ambos da cidade de Milão, Itália, estiveram em Salinas nos dias 13 a 15 de março para conhecer alambiques de alguns produtores da região. Visitaram os alambiques da Havaninha, Havana/Anísio Santiago, Sabinosa, Salinas, Tabúa e o Museu da Cachaça.

Os italianos representam uma empresa distribuidora de bebidas na Europa que está interessada em comercializar no mercado europeu marcas de cachaça artesanal de qualidade.

Segundo eles, o potencial de marcas artesanais na Europa é muito grande, mas carece de maior divulgação, pois são pouco conhecidas.

As marcas industriais já saíram na frente. Parece que as artesanais terão sua vez em breve. A exportação pode ser um excelente negócio aos produtores artesanais, possibilitando expansão na fonte de renda. Ressalta-se que na exportação existe a imunidade tributária, ou seja, não há incidência de qualquer tipo de imposto o que é muito bom para o produtor.

DSCF7594
Osvaldo Santiago (Cachaça Havaninha), recebeu os italianos Daniele Biondi, Alberto e Romina Cattaneo na fazenda Piragibe, zona rural de Salinas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s